Este livro trata das andanças de uma menina por Paris nos anos 1950. Na solução gráfica adotada, fragmentos de cartazes franceses da época estão ao longo de todo o livro, mas sempre escondidos na parte interna das páginas dobradas, visíveis apenas através da transparência do papel. Essas imagens formam um pano de fundo, um “rumor urbano” que ambienta o texto experimental de Raymond Queneau.


2009
com Maria Carolina Sampaio