O projeto deste livro de conversas entre arquitetos é marcado por um grid de linhas verticais que fragmenta os títulos e diferencia, por meio de recuos variados, as falas de cada interlocutor.

O resultado são páginas dinâmicas, com manchas irregulares, fazendo uma referência à descontrução da obra de Eisenman.


2013
com Nathalia Cury