Raquel Arnaud – afinidades

editorial, arte, cosac naify


Publicação comemorativa dos quarenta anos de atividade da galerista paulistana Raquel Arnaud.

O primeiro volume é um passeio na exposição, montada no Instituto Tomie Ohtake em São Paulo para esta ocasião. O leitor perpassa uma sequência contínua de fotos mostrando as obras no espaço, sem nenhum texto, nem mesmo a identificação das obras.

O segundo volume é uma cronologia sobreposta à silhueta das obras e suas legendas.

Ambos os volumes têm as páginas dobradas e, na verdade, são exatamente o mesmo livro, o que muda é o lado em que as folhas foram encadernadas. Dessa forma, as obras dos artistas e a trajetória da galerista se complementam, numa relação de direito e avesso.


2014
com Nathalia Cury