Neste fotolivro de Julio Bittencourt a capa tipográfica em hotstamping dourado chama a atenção, mas nada comparado ao impacto de suas imagens sobre o piscinão de Ramos. As fotos entram no tamanho máximo, sempre sangrando e todo o texto fica concentrado nas páginas finais.


2014