Projeto para as editoras Cosac Naify no Brasil e Gustavo Gilli na Espanha. O título dialoga com os arranha-céus de Nova York, tema e personagens do livro de Rem Koolhaas. E o ritmo de fundo faz referência ao padrão dos códigos de barras, que alude ao tema do mercado (imobiliário, ou de consumo), protagonista do livro.


2012